Autoconhecimento: o que é e qual a sua importância?

Autoconhecimento
24 de junho de 2020
Última modificação: 24 de junho de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog, Carreira

Autoconhecimento: Introdução

Aparentemente, o autoconhecimento tem se tornado uma palavra da moda na administração. Quando nos enxergamos de maneira clara, ou seja, sabendo nossos limites e reações mais comuns a determinadas situações, temos uma maior predisposição em estarmos confiantes e criativos. A tomada de decisões fica mais sólida, construímos relacionamentos mais fortes e nos comunicamos com maior efetividade. Da mesma forma, temos menor probabilidade de mentir, trapacear ou roubar. As chances de promoção em uma situação de trabalho aumentam e nossa capacidade de liderança fica mais aprimorada, deixando funcionários mais satisfeitos e as empresas mais lucrativas.

De cara já se percebe a importância do autoconhecimento na vida pessoal e profissional. Por isso, nós da FM2S resolvemos reunir aqui neste post alguns conceitos sobre autoconhecimento e como se desenvolver. A ideia é trazer uma reflexão sobre a sua vida pessoal, carreira e também sobre como se desenvolver. Vamos conferir?

O que é Autoconhecimento?

Na filosofia, “autoconhecimento” refere-se normalmente ao conhecimento das próprias sensações, pensamentos, crenças e outros estados mentais. Pelo menos desde Descartes, a maioria dos filósofos acreditava que nosso conhecimento de nossos próprios estados mentais difere acentuadamente de nosso conhecimento do mundo externo (onde isso inclui nosso conhecimento dos pensamentos dos outros).

Em um contexto de carreira podemos definir o autoconhecimento como a capacidade de olharmos para “dentro” e sabermos reconhecer nossas fraquezas e forças e o mais importante neste processo, é não realizar este reconhecimento como um julgamento, e sim aceitá-lo e a partir disso, caminhar em direção a mudança.

Mas por que exercitar o autoconhecimento?

Muitos acabam interpretando este exercício como egoísmo, mas somente que consegue entender os próprios conflitos é capaz de entender o próximo. É uma maneira de nos livrarmos de julgamentos e, principalmente de delimitar os nossos objetivos.

Um exemplo muito claro disso é pensar em pessoas bem sucedidas. Você já conheceu alguém bem sucedido que estava à deriva, sem objetivos ou direcionamentos? Pois bem!

O autoconhecimento permite que você encontre seu talento e paixão naturais, direcionando-o para o seu crescimento pessoal e profissional. Também o ajuda a permanecer fiel a si mesmo, abraçando e praticando seus próprios valores morais. É importante porque mostra o caminho para o seu verdadeiro potencial.

Mais abaixo traremos alguns exercícios de como desenvolver o autoconhecimento, mas antes vamos abordar um outro conceito importante.

Autossabotagem

A autossabotagem é um tipo de comportamento que age quando colocamos culpa por nossos erros em fatores alheios ao nosso objetivo momentâneo acrescidos de pensamentos negativos em relação ao nosso desempenho.

Essa definição é muito importante tê-la consigo, pois é uma característica muito comum e relativamente fácil de identificar, principalmente em outras pessoas, como por exemplo quando você está liderando um time. Uma veze identificado esse comportamento, você consegue contorná-lo e agir de uma maneira motivadora, conferindo maior produtividade à tarefa.

Aproveite para conhecer na formação carreira e liderança FM2S o curso de Liderança para novos gestores e se desenvolva nestas e muitas outras características.

Se conhecendo melhor

Saber quem você é, quais são suas motivações, história e valores já é um bom ponto de partida para iniciar o conhecimento sobre si mesmo. Ter o domínio e sabedoria sobre esses pontos já lhe trará consequências positivas.

Mas como exercitar o conhecimento sobre nós mesmos?

Vamos conferir agora um método para realizar esse exercício. Você precisa ter em mãos papel e caneta, ser sincero consigo mesmo, ou seja, escrever aquilo que de fato lhe vier à mente e não realizar censura ou julgamento sobre os seus pensamentos, combinado? Então vamos nessa!

Para abrir a porta do autoconhecimento, como base para fazer boas escolhas de carreira e vida, você precisa entender profundamente:

Objetivos: O que eu quero? Para definir seus objetivos, use estas perguntas como pontos de partida:

“O que eu quero da vida? Que tipo de vida eu imagino para mim?

“O que eu quero alcançar? Que tipo de contribuição ou diferença eu quero fazer?”

Os melhores objetivos são anotados e devem atender aos critérios: específicos, mensuráveis, atingíveis, relevantes, com prazos determinados, avaliados e reavaliados. Os dois últimos critérios permitem rastreamento e acompanhamento, além de ajustes com o passar do tempo.

Aptidões

Quais são meus pontos fortes? Aptidões são talentos naturais objetivamente medidos. Eles revelam o potencial de uma pessoa para adquirir as habilidades necessárias para executar várias tarefas com competência. As aptidões estabilizam-se por volta dos 14 anos e permanecem relativamente estáveis ​​durante toda a vida útil.

Uma compreensão clara de seus talentos naturais oferece uma visão dos tipos de tarefas e ambientes de aprendizagem ou desempenho que apoiam seu sucesso e satisfação na carreira. Escolha uma direção de carreira para a qual a educação e o treinamento necessários proporcionem o maior retorno em termos de desenvolvimento de habilidades enquanto o preparam para ocupações com maior potencial de sucesso.

Interesses

Do que eu gosto? Do que eu não gosto? Ao descobrir em que está interessado, você fica ciente do que o motiva. Os interesses servem principalmente para selecionar, dentre uma mistura de atividades em potencial, aquelas com as quais você provavelmente se envolverá plenamente e gostará de fazer.

Algumas pessoas estão interessadas em praticamente tudo, enquanto outras são atraídas para áreas de foco mais especializadas. Identifique seus gostos e aversões (ou seja, tarefas, atividades, assuntos, tipos de pessoas ou ocupações). Conhecer seus interesses pode levá-lo às carreiras e possibilidades educacionais mais significativas para você. A satisfação na carreira é maior quando você é capaz de executar tarefas que utilizam seus pontos fortes naturais e atraem seus interesses.

Personalidade

Como penso, sinto e me comporto? Sua personalidade única é expressa através de traços permanentes e padrões característicos de resposta de pensar, sentir e se comportar. Com base no seu temperamento natural, alguns empregos, ocupações, ambientes de trabalho e culturas da empresa podem ser mais adequados para você do que outros. Exemplos de características da personalidade incluem: extroversão e introversão, obstinação, sensibilidade, independência, autocontrole e abertura à mudança.

Valores

O que é importante para mim? Os valores são os critérios pelos quais você avalia as coisas e atividades que são mais importantes para você na vida e no trabalho. Eles servem como uma bússola, mantendo-o focado no que realmente importa ao definir prioridades e tomar decisões. Quando as coisas que você faz e o modo como se comporta são consistentes com seus valores, a vida é boa. Exemplos de valores de trabalho incluem: conquista, independência, reconhecimento, relacionamentos, suporte de gerentes e políticas da empresa e condições de trabalho.

O Kaizen e o autoconhecimento

Em geral, na FM2S abordamos o Kaizen (melhoria contínua) em um contexto de negócios, ou seja, tentando ao máximo aprimorar um processo ou uma linha de produção, porém esse conceito é extremamente praticável ao autoconhecimento.

Em geral as pessoas costumam considerar como grandes conquistas as metas de empresas como o faturamento, o controle de um KPI. Mas isso deve se estender até o autoconhecimento. É uma conquista de um funcionário superar um determinado medo ou trauma de falar em público, saber lidar com suas próprias emoções e bem como todas as conquistas isso deve ser celebrado.

Aproveite para conhecer o curso de Kaizen FM2S. Acesse a Plataforma EAD e confira estes e muitos outros!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *